Existirá sempre uma razão?!


Olá, tudo bem?! Comigo está tudo bem! 
Já pegou sua canequinha de café e ligou aquela musiquinha pra bater nosso papo de hoje?!
A vida como já mencionado várias vezes é um estrada de mão dupla, os caminhos que vão são os mesmo de volta, a caminhada não é só flores, o caminho não é sempre belo, mas como disse em alguns textos devemos sempre que apreciar o caminho, olhar pela janela e admirar as coisas que a vida nos da.
  Quando estamos passando por alguns momentos na vida, seja ele qual for, devemos viver intensamente, questionar sempre a qual caminho que aquilo nós levará, qual a explicação, qual a razão.
   Mas, como assim questionar o caminho, a explicação e razão?!
Tudo que passamos na vida é para que possamos valorizar cada passo dado, cada lágrima derramada, cada sorriso estampado, cada palavra.
Nossa vida nada mais é que momentos, quando tais são bons, a vida é leve, o caminho é fácil; mas quando nos deparamos com as partes mais difíceis as coisas já não são tão simples e às vezes, fazemos questão de evidenciar apenas a parte difícil.
   Mal sabemos que é com os momentos difíceis que conseguimos apreciar os bons, pois só existe sentindo numa vitória, se soubermos o que é uma derrota, na verdade creio que: vemos esperança e regozijamos em um nascimento, se soubermos o que é a morte;  valorizamos um sorriso, se soubermos o que é o choro; expressamos a alegria, se soubermos o que é tristeza;  temos certeza e convicção, se algum dia já tivemos duvida; aprendemos o que é o amor, se soubermos o que é não ser amado; temos consideração por uma amizade, se soubermos o que é não ter amigos verdadeiros; sabemos o que é ter uma  companhia, se em algum momento já ficamos sozinho;  sabemos que estamos curados, se soubermos identificar quando estivemos feridos; aprendemos a valorizar a presença de alguém, se soubermos o que é saudade;  temos coragem, se soubermos o que é o medo e etc. são esses momentos que nós fazem ter a certeza de como a vida é boa, como o apreciar de TODOS os momentos é importante.
   Então quando estiver passando por um momento difícil, contra sua vontade, que você acredita que não aguenta mais, que tudo parece dar errado, que o seu único sentimento é o de incapacidade, olhe bem no fundo e tire o melhor desses momentos mesmo que o melhor seja o silêncio, as lágrimas, a dor, a derrota, a infelicidade e etc., eles servirão como bagagem durante a sua caminhada. Não ignore os momentos ruins, viva-os na mesma intensidade que os bons, pois nada teria sentido sem eles.

         Tudo que passamos, vivemos tem uma razão, procure-a e guarde-a junto com sua bagagem, porque é essa bagagem que dará sentido a cada passo dado, pois não existe viagem completa sem mala!

Sugestão de música: Let Her Go (Passenger).
(T.S.L)